RECONHECIMENTO DO MILAGRE ATRIBUÍDO A PADRE JORDAN

jor

O Papa Francisco autorizou a promulgação do decreto relativo ao milagre atribuído a Padre Francisco Maria da Cruz (João Batista) JORDAN, fundador dos Salvatorianos e das Salvatorianas.

A declaração do Papa de 19 de junho de 2020 termina o processo do milagre e abre em definitivo o caminho para a beatificação do Pe. Francis Jordan. A partir de agora vamos aguardar a data e o local da cerimônia de beatificação, que serão comunicados pela Santa Sé.

O Milagre

Um jovem casal foi informado pelos médicos de que o bebê que eles esperavam em 2014, em Jundiaí (Brasil) sofria de uma doença incurável nos ossos (displasia esquelética). Sendo eles membros do grupo de Leigos e Leigas Salvatorianos, começaram a rezar pedindo a intercessão do Venerável Servo de Deus, Pe. Francisco Jordan, convidando os outros membros da Família Salvatoriana a fazerem o mesm. A bebê nasceu completamente sã, no dia 8 de setembro de 2014, no dia do aniversário de morte de Pe. Francisco Jordan. Após os procedimentos canônicos necessários terem sido concluídos com sucesso, o Santo Padre, o Papa Francisco declarou que esta cura milagrosa foi a ação de Deus através da intercessão de Pe. Francis Jordan.