1º de Outubro: ABERTURA DO 20º CAPÍTULO GERAL
As 08:45 do horário italiano nós nos reunimos na Entrada da  Sala de Conferências para a Celebração de Abertura de nossa assembléia. Nós viemos de diferentes países, culturas e línguas; com diferentes experiências de vida, porém, unidas por Jesus Cristo, o Salvador, que nos chamou. Nós entramos na sala em procissão, passando pela porta que nos conduzia à sala, no qual o mundo sofrido de nossas realidades e de nosso povo estava exposto através de fotos espalhadas nas paredes e na porta. Nós aprendemos de nosso povo sofrido um jeito profundo de sermos mais místicas e proféticas. Aqui reunidas, sabemos que estamos em relação com o povo do mundo inteiro, especialmente, mulheres e crianças. Estas fotos estarão sempre presentes, acompanhando-nos e lembrando-nos de nosso mundo sofrido, cada vez que entrarmos ou sairmos da Sala.

Já dentro da Sala, Ir. Therezinha Rasera, nossa Líder, chamou cada uma de nós pelo nome e nós respondemos: “Sim, aqui estou”. Depois ela entregou uma pérola, como sinal do tesouro que cada uma de nós e cada ser humano carregam. Qual dom, quando abrimos a concha, ou seja, a nós mesmas, permitindo que a pérola se mostre! Durante todo o encontro, a pérola nos lembrará que nossos dons são sempre para o serviço dos outros.

Em seguida, Ir. Therezinha nos dirigiu seu discurso de abertura, animando-nos a permanecer abertas aos sinais dos tempos e ao Espírito Santo, a fim de sermos fiéis à nossa vocação salvatoriana rumo ao futuro, sendo “Mulheres Salvatorianas – místicas e proféticas – num mundo sofrido”. Finalmente, nós celebramos a Eucaristia presidida pelo Arcebispo D. Joseph Willian Tobin, Secretário da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica.
Também estiveram presentes os irmãos salvatorianos Pe. Piet Cuijpers, Pe. Milton Zonta e Pe. Mario Agudelo.